quarta-feira , 18 julho 2018

Gestão petista

Encontro nacional de prefeitos, prefeitas e vices do PT

Dias 02 e 03 de outubro será realizado, em Brasília, o Encontro Nacional de Prefeitos, Prefeitas e Vices do Partido dos Trabalhadores. Esta décima geração de dirigentes municipais petistas pode ser considerada vitoriosa ao se eleger no processo do golpe que está desmontando o estado de direito no Brasil. Articular as políticas sociais e públicas, promover o desenvolvimento econômico, social, ambiental e cultural para enfrentar a grave crise econômica e política que afeta profundamente o país e a vida do povo brasileiro é o grande desafio deste gestores, como lideranças locais e regionais.

Pernambuco conta com sete prefeituras petistas. Entre os gestores municipais que seguem para o encontro estão a prefeita do município de Calumbi, Sandra Novaes Ferraz, o prefeito de Granito, João Bosco e o prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque.

Para Sandra Novaes Ferraz, conhecida como Sandra da Farmácia, um dos pontos altos do evento será a oportunidade “de discutir a fundo a situação pela qual o país está passando”. A petista também afirma que será importante conhecer os demais companheiros petistas do interior, os programas dos municípios e levantar a bandeira do partido. “Quero voltar do evento com boas notícias da política e de programas de governo”, afirmou a prefeita de Calumbi.

“Acho que já poderia ter acontecido. Além de ser importante para todos os prefeitos petistas do Brasil, vamos ter a oportunidade de discutir possibilidades, projetos que estejam acontecendo em um município e podem ser importantes para outros; o que pode-se melhorar na área de educação, na saúde, no esporte; formas de baratear projetos e parcerias que podem ser realizadas”, explicou João Bosco, prefeito de Granito, município localizado no polo gesseiro do estado. “Será importante também para discutir o momento que o país está vivendo. Esta perseguição diária ao ex-presidente Lula. E a gente não deixa de levar nosso apoio a Lula para que ele possa seguir nessa luta”, ressaltou Bosco.

De acordo com o prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque, reeleito no último pleito municipal, o encontro de gestores tem grande relevância para troca de experiências e discussão da política, principalmente no cenário atual de derrubada de uma presidente eleita legitimamente.

“O evento vai ser importante para trocarmos experiências num momento de muita dificuldade, queda de receita, cortes de projetos e programas. Será uma oportunidade de discutir políticas públicas e a política”, ressalta o gestor municipal.

O petista reitera que o encontro será muito relevante para “Entender e discutir o arco de alianças que será construído, com senadores, governadores e deputados. E ao mesmo tempo levantar o projeto de renovação política do partido, respeitando as diferenças e os caminhos escolhidos pelas instâncias estaduais. Não dá para, dentro dessa conjuntura, a gente apostar em alianças desastrosas que levaram à queda de Dilma”.

Cooperação e integração

O objetivo do encontro é aprofundar, a partir das resoluções do 6º Congresso Nacional do PT, a política e a discussão dos problemas enfrentados na gestão das prefeituras governadas pelo PT. Articular estratégias e agenda comuns por meio de uma rede de cooperação e integração, além de debater temas e experiências que qualifiquem a gestão.

Os debates contarão com as participações da presidenta nacional do partido, a senadora Gleisi Hoffmann, do ex-presidente Lula, Presidente de Honra do PT, do Secretário Nacional de Assuntos Institucionais do PT, José Guimarães, de membros da Comissão Executiva Nacional e da Diretoria da Escola Nacional de Formação do PT (ENFPT).

O presidente da Associação Brasileira de Municípios (ABM) e os governadores da Bahia, do Piauí, de Minas Gerais, ou seus representantes indicados/as também estarão no encontro. Participam ainda o líder da bancada do PT no Senado, na Câmara Federal e especialistas colaboradores da ENFPT que conduzirão os temas da atividade.

Para mais informações acesse ENFPT 


Confira o local e a programação

Dia 2/10, segunda feira, das 9 às18h

Os impactos da conjuntura para os Municípios – Desafios

O golpe na democracia, o impacto da crise e desafios na gestão dos municípios. Resoluções do 6º Congresso Nacional do PT.

· O papel do Prefeito e da Prefeita do PT como liderança política local e regional.

· Diálogo com a sociedade.

Dia 2/10, segunda feira, das 19 às 21h

Debate, com a presença de: Gleisi Hoffmann, Presidenta Nacional do PT; de Lula, Presidente de Honra do PT; José Guimarães, Secretário Nacional de Assuntos Institucionais do PT; membros da Comissão Executiva Nacional e da Diretoria da ENFPT; do Presidente da ABM – Associação Brasileira de Municípios; de Governadores BA, PI e MG ou seus representantes indicados/as; do Líder da bancada do PT no Senado; do Líder da bancada do PT na Câmara Federal e dos especialistas colaboradores da ENFPT que conduzirão os temas do Encontro (abaixo relacionados).

Dia 3/10, terça feira, das 9 às 19h

Diretrizes do Modo Petista de Governar – Ações

Planejamento, Monitoramento, Avaliação – PPA, LDO, LOA

· Gestão pública estratégica

· Desenvolvimento local sustentável (social, cultural, ambiental, econômico e ético) e direito a cidade – articulações e iniciativas.

· Políticas sociais e a realização de direitos.

· Participação Popular e Cidadã e Controle Social.

· Banco de Políticas Públicas.

· Articulação de prefeitos, prefeitas e vices com a SNAI – Secretaria Nacional de Assuntos Institucionais do PT e com a ABM – Associação Brasileira de Municípios.


Foto
 : Divulgação PT no Senado