quarta-feira , 18 julho 2018

Cancelamento de ato

Nota: Tudo é pretexto para a intolerância

O  PT de Pernambuco manifesta indignação e repúdio à nota do Cel Limeira, Presidente do Clube dos Oficiais,  ao cancelar ato de petistas em apoio à pré-candidata do PT ao governo do estado, Marília Arraes.

Um dos pretextos utilizados para tal atitude é que o Clube não tinha sido “informado que o evento também seria um ato de apoio a Lula, criminoso condenado em todas as instâncias”.  Sendo inimaginável um ato de petistas que não tivesse também como mote a defesa da libertação do preso político, Lula, fica evidente que a “repercussão” de que menciona a nota tem mais a ver com um pensamento intolerante e obscuro daqueles que não admitem que o povo brasileiro e o povo pernambucano sabem e denunciam a injustiça e arbitrariedade pelas quais passa o maior líder popular da história do Brasil.

Lula é inocente e sofre perseguição política. Nenhuma prova foi apresentada contra ele e seu julgamento, todos sabem, foi injusto. O Coronel também sabe que Lula foi preso porque querem impedir que ele volte a governar o país e traga de volta o projeto de um Brasil para os brasileiros.

Sabe porque viu as transformações que esse nosso grande pernambucano fez no Brasil, no Nordeste e, especialmente, em Pernambuco. Lula foi o presidente que mais olhou para o povo do país e do nosso estado. É por isso que ele é tão amado pelos pernambucanos, que o querem como presidente novamente. Basta ver as pesquisas eleitorais que o colocam vitorioso, inclusive em PE, com mais de 60%.

Interferir nas opiniões democráticas, proferir preconceito e censurar um ato político e democrático é que não é “compatível com um Clube militar”. É uma pena que esses pensamentos de ódio e intolerância tenham chegado a um espaço que sempre serviu para o nosso convívio democrático, um clube que já abrigou eventos sindicais, dos movimentos sociais, do nosso partido e de candidaturas de vários partidos. Tal atitude joga a imagem do Clube para o lado obscuro dos tempos que estamos vivendo. O lado da repressão, do ódio, da intolerância e da censura. Mas, esses tempos obscuros não voltam mais. Por que o povo não quer e não vai deixar.

Temos certeza que isso não desanimará a militância petista, que resiste bravamente. Nossa vereadora do Recife e pré candidata ao governo do estado, Marília Arraes, encontrará um lugar mais aberto e democrático para reunir sua militância e poder dizer sem repressão,  Lula Livre, Lula presidente!

Recife, 14 de maio de 2018

Comissão Executiva Estadual